Consumo de tabaco diminuiu em Portugal

Dados da Direcção-Geral da Saúde

13 abril 2010
  |  Partilhar:

A entrada de tabaco no mercado português diminuiu 11% entre 2007 e 2009, de acordo com o relatório da Direcção-Geral da Saúde (DGS), denominado "Avaliação Intercalar do Impacte da Nova Legislação de Prevenção do Tabagismo".

 

Em entrevista à agência Lusa, Mário Carreira, coordenador da DGS para a monitorização dos serviços de urgência, explica que “a entrada de cigarros no mercado não é igual ao consumo, mas é um indicador indirecto da diminuição do consumo”.

 

Segundo o especialista, os dados agora conhecidos sugerem a existência de “uma tentativa” dos fumadores de diminuírem o consumo, facto que, segundo refere, é visível através do aumento da procura de consultas antitabágica e de terapêutica adequada.

 

O número de consultas de apoio intensivo à cessação tabágica aumentou 5% em 2009, o que representa um aumento de 58,7% em relação a 2007. Houve também um aumento, em 2009, de 6% na terapêutica disponibilizada no mercado para a cessação tabágica, enquanto o aumento desse tipo de produtos tinha sido de 4% em 2008.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar