Consumo de peixe diminui risco de diabetes

Estudo realizado pela Universidade de Valência

21 novembro 2011
  |  Partilhar:

O consumo de peixe, que faz parte da dieta mediterrânica, pode reduzir o risco de desenvolvimento de diabetes, dá conta um estudo realizado por investigadores da Universidade de Valência.
 

O estudo, publicado na “Nutrición Hospitalaria” tinha por objectivo perceber os padrões dietéticos em termos de consumo de peixe e carne e também a relação entre a dieta mediterrânea e a sua associação com os factores de risco cardiovascular.  A líder do estudo, Mercedes Sotos Prieto, revelou em comunicado enviado à imprensa que “nos países mediterrânicos, o consumo de alimentos que normalmente fazem parte desta dieta têm diminuído nas últimas décadas. O consumo de gorduras saturadas principalmente de carnes vermelhas aumentou e isso é realmente preocupante. "
 

Para este estudo, os investigadores contaram com a participação de 945 indivíduos, 340 homens e 605 mulheres, que tinham entre 55 e 80 anos e apresentavam um elevado risco cardiovascular.
 

O estudo demonstrou que a população mediterrânica estudada ingeria grandes quantidades de peixe e carne. Contudo, o consumo de peixe estava associado com uma menor prevalência de diabetes e concentrações mais baixas de glicose. Por outro lado, o consumo de carne vermelha, especialmente carne curada, estava relacionado com aumento de peso e obesidade.
 

Os investigadores chamam à atenção para o facto do consumo de carne ocorrer, em média, uma vez por dia, o que é elevado em comparação com as recomendações dietéticas.
 

O consumo de carne vermelha em excesso está associado a um maior risco cardiovascular, elevada pressão arterial, diabetes e uma diminuição moderada da esperança de vida, principalmente devido ao cancro e à doença cardiovascular. Por outro lado, o peixe apresenta benefícios para a saúde do coração.
 

Apesar de ainda não se saber explicar porque é que o consumo de peixe pode proteger contra o desenvolvimento da diabetes, os autores do estudo confirmam que existem outros estudos similares, onde o consumo de peixe, tanto o branco como o mais rico em gordura, está associado com um menor desenvolvimento de diabetes tipo 2.
 

Os investigadores revelam que “várias hipóteses têm sido propostas para tentar explicar como o consumo de peixe pode estar relacionado com a diabetes”. Uma das hipóteses está relacionada com “o aumento de ómega -3 nas células dos músculos esqueléticos, a qual melhora a sensibilidade à insulina.”
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.