Consumo de fruta e legumes pode melhorar bem-estar psicológico

Estudo publicado na revista “PLOS One”

15 fevereiro 2017
  |  Partilhar:
Um estudo da Universidade de Otago, Nova Zelândia, atesta que o consumo de frutas e legumes poderá promover o bem-estar psicológico em apenas duas semanas.
 
Conduzido por uma equipa de investigadores liderada por Tamlin Corner, do Departamente de Psicologia daquela Universidade, o estudo demonstrou que o consumo adicional de frutas e legumes conduziu a uma melhoria na motivação e vitalidade de jovens adultos em apenas 14 dias.
 
Os investigadores contaram com a participação de 171 estudantes, com idades compreendidas entre os 18 e 25 anos, que foram divididos em três grupos. No início e fim do estudo os participantes foram submetidos a avaliações psicológicas relativamente a sintomas de depressão e ansiedade, estado de humor, vitalidade, motivação e outros fatores determinantes da saúde mental e bem-estar.
 
A um grupo foi pedido que continuassem a seguir a sua dieta normal; um segundo grupo recebeu diariamente, durante o período de duração do estudo, duas porções extra de fruta e legumes; o terceiro grupo recebeu vales pré-pagos de produtos e mensagens de texto a serem lembrados que deveriam consumir mais fruta e legumes.
 
Foi observado que os estudantes que tinham recebido as porções adicionais de fruta e legumes eram os que haviam consumido mais daquele tipo de alimentos, com uma média de 3,7 porções diárias. Foi também este grupo que demonstrou melhorias no seu bem-estar psicológico em apenas 14 dias, revelando uma maior vitalidade e motivação.
 
Os outros dois grupos não revelaram melhorias em termos de bem-estar psicológico ao longo das duas semanas do estudo. Relativamente a sintomas de depressão e ansiedade, não foram verificadas quaisquer melhorias em todos os grupos mas a equipa observou que a maioria dos estudos que associam a depressão a hábitos alientares é longitudinal, significando que eventuais alterações nesta doença só são visíveis em estudos com uma duração muito mais longa. 
 
Perante os resultados, os investigadores defendem que o consumo de fruta e legumes adicionais poderá conduzir a rápidos melhoramentos no bem-estar psicológico. “Oferecer frutas e legumes de boa qualidade a jovens adultos, e não enviar-lhes lembretes por SMS para consumirem mais fruta e legumes e dar-lhes vales, resultou em melhorias no seu bem-estar psicológico ao longo de um período de duas semanas”.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Image CAPTCHA
Enter the characters shown in the image.