Consumo de droga aumentou após programa de troca de seringas

Relatórios dos grupos de trabalho do Programa Específico de Troca de Seringas

24 novembro 2008
  |  Partilhar:

O aumento do consumo de droga foi indicado por 28% dos reclusos da prisão de Paços de Ferreira e por 16% em Lisboa após três meses da implementação do programa de troca de seringas.
 

 

Os dados, citados pela agência Lusa, constam dos relatórios dos grupos de trabalho do Programa Específico de Troca de Seringas (PETS) nos Estabelecimentos Prisionais (EP) de Paços de Ferreira e Lisboa.
 

 

O programa, que se iniciou em 2007, não registou qualquer procura ou troca de material de injecção nos dois EP incluídos na experiência-piloto. Foram feitos dois inquéritos naqueles EP, tendo no primeiro sido recebidos 305 questionários e 300 no segundo. Destes 300, 49% referiam ter respondido aos dois inquéritos.
 

 

Alert Life Sciences Computing, SA
 

 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.