Consumo de café previne cancro da cabeça e pescoço

Mega-análise publicada na revista “Cancer Epidemiology”

02 agosto 2010
  |  Partilhar:

Ao analisarem 9 estudos sobre o tema, cientistas da Utah State University, nos EUA, concluíram que o consumo de café tem um feito protector contra o cancro da cabeça e pescoço.

 

A análise, liderada por Mia Hashibe, e publicada na revista “Cancer Epidemiology”, analisou dados de 5.139 pessoas com diagnóstico de cancro da cabeça e pescoço e 9.028 sem a doença. Foi verificado que quem ingeria quatro chávenas de café por dia apresentava um risco 39% inferior de ter a doença, em comparação com aqueles que não bebiam.

 

Os dados sobre a toma de descafeinado foram demasiado escassos para uma análise pormenorizada, mas não indicaram um risco aumentado. O mesmo aconteceu com o consumo de chá, que não foi associado a qualquer efeito protector contra esta doença em particular.

 

Em comunicado de imprensa, os cientistas reforçam a importância dos resultados desta análise para a saúde pública, uma vez que existe um elevado consumo de café em certos países do mundo e, concomitantemente, este tipo de tumor tem um índice de sobrevivência muito baixo.

 

O estudo não esclareceu, contudo, que substâncias do café fazem accionar os mecanismos de protecção contra o desenvolvimento deste tipo de tumor.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.