Consumo de antidepressivos vai duplicar em cinco anos

Previsões do grupo técnico que está a trabalhar no Plano Nacional de Saúde

23 agosto 2011
  |  Partilhar:

O consumo de medicamentos antidepressivos vai disparar para mais do dobro até 2016, de acordo com as previsões do grupo técnico que está a trabalhar no Plano Nacional de Saúde (PNS), refere uma notícia publicada no jornal “Diário de Notícias”.

 

De acordo com a notícia, os últimos dados disponíveis mostram que se consumiam 58,1 doses diárias definidas por mil habitantes/dia em 2009, estimando-se uma subida para 122 em 2016. As melhorias no tratamento da depressão, bem como o incremento do número de doentes são causas possíveis para esta subida.

 

A região com uma maior subida será o Alentejo, que passará de 75,1 para 171,9, ou seja, mais 129%, mas a intenção é que se tomem medidas para ficar pelas 128,5 doses diárias. O Algarve é a região menos atingida, tendo como meta manter os valores projectados para 2016, que mesmo assim implicariam passar de 42,2 para 85,1 doses.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.