Consultor da OMS apela a um maior envolvimento dos profissionais no sistema de saúde

25º Encontro Nacional de Clínica Geral

07 março 2008
  |  Partilhar:

Os profissionais dos Cuidados de Saúde Primários devem envolver-se mais na tentativa de mudar o sistema e não acusar os Governos de inércia, sugeriu um consultor da Organização Mundial de Saúde (OMS) que participa no 25º Encontro Nacional de Clínica Geral, que decorre até sábado em Vilamoura, no Algarve.
 

 

Em declarações à margem do congresso, o especialista Pim de Graaf afirmou que Portugal deu passos enormes no desenvolvimento dos Cuidados de Saúde Primários (CSP), mas reconheceu a existência de problemas a nível organizacional.
 

 

Salientando a dificuldade em medir a qualidade das redes de CSP, apelou aos profissionais da área que se envolvam nos processos de mudança, porque trabalham no terreno e têm importantes responsabilidades na organização.
 

 

Segundo Pim de Graff, até ao final do ano deverá estar disponível para todos os Estados-Membros uma ferramenta que poderá medir a qualidade dos serviços mediante alguns indicadores. Apontando a informatização dos sistemas como um dos principais desafios nesta área, disse que dentro de alguns anos todos os países da Europa ocidental e central terão sistemas electrónicos que permitirão comunicar entre si.
 

 

Fonte: Lusa
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.