Consultas para consumidores de cannabis com grande adesão

Instituto da Droga quer alargar o projecto a todo o país

07 junho 2004
  |  Partilhar:

O presidente do Instituto da Droga e Toxicodependência (IDT), Fernando Negrão, anunciou segunda-feira a «forte probabilidade» de alargar a outras cidades do país as consultas para consumidores de cannabis, que começaram há mês e meio no Porto.As primeiras consultas em Portugal específicas para consumidores de haxixe ou erva (formas de cannabis mais conhecidas), no Porto, têm tido uma «grande adesão», afirmou à agência Lusa aquele responsável, à margem do Congresso Internacional da Cannabis, que começou ontem, segunda-feira, no Estoril.«Acabámos [o IDT] de assinar protocolos com o Instituto Português da Juventude para alargar o projecto a outras cidades onde esse organismo está representado», adiantou Fernando Negrão.Aqueles acordos possibilitam apenas a realização de um atendimento por técnicos que vão avaliar a necessidade de abrir novas consultas em várias localidades do país. Na sua intervenção no congresso, o presidente do IDT questionou os participantes sobre a necessidade de «tudo discutir com todos», «designadamente se é sério confundir» consumos de cannabis para fins terapêuticos com consumos por prazer.O congresso internacional, que pretende promover uma reflexão de investigadores, cientistas e técnicos de terreno acerca «Das Tendências às intervenções» da cannabis, que termina esta terça-feira.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.