Consultas médicas on-line florescem na rede

Meio pode revolucionar mundo da Medicina

25 fevereiro 2003
  |  Partilhar:

Os pacientes que procuram uma segunda opinião sobre os respectivos diagnósticos médicos mas têm dificuldade em deslocar-se podem consegui-la através da Internet, onde cada vez mais prestigiados hospitais norte-americanos oferecem consultas à distância.
 

 

Hospitais reconhecidos internacionalmente como o Cedars- Sinai Medical Center de Los Angeles, na Califórnia, o Johns Hopkins, em Baltimore (Maryland), ou o Massachusetts General juntaram-se a uma nova vaga que poderá revolucionar o mundo da medicina.
 

 

Ainda que muitos endereços disponibilizem informação ou consultas médicas através da Internet há anos, a chegada destes prestigiados hospitais à rede pode dar à telemedicina o impulso que até agora lhe faltava.
 

 

Segundo o jornal Los Angeles Times, cerca de cinco pacientes pediram segundos diagnósticos virtuais este ano nos grandes hospitais, 80 por cento dos quais com cancro ou outras doenças graves.
 

 

A maioria dos programas funciona da mesma forma. Os pacientes começam por ser examinados por um médico de «carne e osso». Depois têm de preencher extensos questionários on line, a que se segue o envio de exames, como radiografias ou análises laboratoriais, ao hospital em causa.
 

 

Alguns centros comunicam os resultados directamente ao médico que atendeu o paciente em primeiro lugar, para que seja este a transmitir a informação. Os preços do processo, que nalguns casos estão cobertos por seguro médico, oscilam entre os 500 e os mil dólares.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 1 Comentar

Mestruação

Oi,Meu nome é:Sabrina tenho 21 anos e recentemente tive um filho ,que hoje tem 5 meses.Meu filho não pegou o peito direito,Mamou muito pouco.Estou tomando injeção por nome de(ACETO DE MEDIOXIPROGESTERONA 150 MG) I Ampola a cada 3 meses,Porém não está descendo pra mim,E não estou amamentando.E normal?
E de vez enquando vem um sinal e Mestruação e fica só nisso.
Por Favor...Mande por email uma resposta.

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.