Cônjuges de pacientes em hemodiálise também sofrem de doença renal

Estudo publicado no “American Journal of Kidney Diseases”

18 maio 2010
  |  Partilhar:

Partilhar hábitos de vida semelhantes pode ajudar a explicar a razão por que os cônjuges de doentes renais crónicos submetidos a diálise correm um maior risco de, também eles, desenvolverem a doença.

 

Investigadores do Hospital Médico Universitário Kaohsiung de Taiwan analisaram a prevalência da doença renal crónica em 95 cônjuges e 196 familiares de primeiro e segundo grau de 178 pacientes que realizavam diálise.

 

Verificaram que a doença era muito mais comum entre os cônjuges e parentes directos do que no grupo de controlo formado por pessoas que não eram casadas nem relacionadas com os doentes em diálise.

 

Além disso, os cônjuges destes doentes também apresentaram elevadas taxas de tabagismo, tomavam analgésicos com bastante frequência, tinham pressão arterial elevada e diabetes. Note-se que a diabetes, doença que pode ser causada pela obesidade e maus hábitos alimentares, é um factor de risco significativo para a doença renal. "Ficámos surpreendidos ao verificar que o risco de desenvolvimento de doença renal crónica dos cônjuges dos doentes em hemodiálise era quase tão elevado quanto o registado pelos parentes de sangue”, disse, em comunicado de imprensa, o autor do estudo, Hung-Chun Chen.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.