Concelho de Nelas pode ter maior incidência de cancro pulmonar

Instituto Ricardo Jorge averigua validade desta hipótese com estudos epidemiológicos

05 março 2003
  |  Partilhar:

\Poderão os habitantes do concelho de Nelas correr riscos acrescidos de sofrer de cancro do pulmão, devido à proximidade das escombreiras e barragens de estéreis das antigas minas de urânio da Urgeiriça? O Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSRJ) possui indicadores que apontam para essa hipótese e vai proceder, na região, a estudos epidemiológicos que permitam chegar a resultados mais conclusivos.
 

 

O trabalho vai ser levado a cabo em colaboração com o Instituto Geológico Mineiro, o Instituto Tecnológico e Nuclear, o Centro Regional de Saúde Pública do Centro e o Hospital S. Teotónio de Viseu.
 

 

De acordo com um estudo estatístico de José Marinho Falcão, Carlos Matias Dias e Paulo Jorge Nogueira, do INSRJ, as Razões Padronizadas de Mortalidade (RPM) por "neoplasia maligna da traqueia, dos brônquios e do pulmão" no concelho foi, entre 1980 e 1999, de 133 (homens e mulheres). Este valor situa-se muito acima do verificado nos restantes concelhos com minas de urânio mas sem escombreiras - como por exemplo Mangualde, onde a RPM é 99.
 

 

Os investigadores concluíram que este "excesso de mortalidade" poderá estar "associado à existência da mina da Urgeiriça e da sua escombreira". "Embora não seja possível excluir a existência de outras causas, tudo indica que o problema possa estar aí. Mas a simples análise dos óbitos não permite concluir, por exemplo, se o concelho de Nelas possuiu, ao longo dos anos, uma percentagem de fumadores muito superior à de concelhos vizinhos", explica José Marinho Falcão.
 

 

A tal "mortalidade excessiva" verifica-se, "não só nos homens, mas também nas mulheres", o que "sugere a possibilidade de existir uma exposição ambiental geral, eventualmente associada à escombreira e não apenas uma exposição profissional à mina".
 

 

Leia tudo no Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.