Comprovada eficácia de anti-hipertensor com menos efeitos secundários

Estudo apresentado no LVII Congresso do “American College”

21 abril 2008
  |  Partilhar:

O tratamento da hipertensão grave poderá mudar, depois de comprovada a eficácia de um fármaco que provoca menos efeitos secundários que o habitualmente usado contra a doença, segundo um estudo divulgado no LVII Congresso de Cardiologia do “American College”.
 

 

O estudo foi realizado durante quase três anos com mais de 25 mil doentes de alto risco cardiovascular oriundos de 40 países.
 

 

Este trabalho surge anos depois de um estudo, denominado Hope, ter revelado que o inibidor da enzima de conversão da angiotensina Ramipril "trazia grandes benefícios quando aplicado a doentes de alto risco cardiovascular".
 

 

O novo estudo, denominado Ontarget, veio agora provar a existência de uma alternativa ao Ramipril, o Telmisartan, com a vantagem de menos efeitos secundários. Este novo fármaco poderá ser uma alternativa aos doentes intolorantes ao Ramipril. O Ontarget não provou, no entanto, os benefícios esperados na associação entre os dois fármacos.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.