Composto do chá verde pode prevenir Alzheimer. Mas como?

Estudo publicado na “Journal of the American Chemical Society”

18 outubro 2017
  |  Partilhar:
Um novo estudo descobriu a forma como um composto do chá verde trava o desenvolvimento da formação das placas amiloides que contribuem para a doença de Alzheimer.
 
Conhecido como galato de epigalocatequina (EGCG), este polifenol presente no chá verde foi associado a um menor risco de Alzheimer em já vários estudos, prevenindo a formação daquelas placas tóxicas.
 
O estudo, conduzido por uma equipa de investigadores liderados por Giuseppe Melacini do Departamento de Química e de Biologia Química da Universidade McMaster, Canadá, descobriu que o EGCG trava a formação de placa amiloide através da interferência na função dos oligómeros de beta-amiloide 
 
Para o estudo, a equipa usou ressonância magnética para investigar a fundo a forma como o EGCG poderia afetar a formação das placas de beta-amiloide.
 
Os monómeros (moléculas minúsculas que se unem a outros monómeros) de beta-amiloide, formam oligómeros (número finito de unidades de monómero) de beta-amiloide. Com o passar do tempo, estes oligómeros juntam-se e foram as placas tóxicas de beta-amiloide. 
 
Os investigadores descobriram que o EGCG “remodela” os oligómeros de beta-amiloide, evitando assim que formem as placas tóxicas que estão presentes no desenvolvimento da doença de Alzheimer. 
 
Segundo Giuseppe Melacini, “a um nível molecular achamos que o EGCG reveste os oligómeros tóxicos e altera a sua capacidade de se desenvolverem e interagirem com as células saudáveis”. 
 
A equipa considera assim que os extratos de chá verde poderão ser usados na prevenção da doença de Alzheimer. “Todos nós sabemos que não há cura para a Alzheimer quando os sintomas emergem, sendo que o melhor que esperamos é uma intervenção precoce. Isso poderá significar usar os extratos de chá verde e derivados numa fase precoce, digamos, 15 a 25 anos antes de os sintomas surgirem”, comentou o autor principal do estudo. 
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar