Comparação da eficácia de Radioterapia com Cirurgia em Cancro da Bexiga

Estudo da University of Leeds

20 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

Os tratamentos com Radioterapia são tão eficazes contra o Cancro da Bexiga quantos as intervenções cirúrgicas, indica um estudo da University of Leeds, em Inglaterra.
 

 

Uma equipa de especialistas liderada por Anne Kiltie, observou que o índice de sobrevivência entre os pacientes oncológicos tratados com Radioterapia era equivalente aos que tinham sido submetidos a uma Cistectomia (retirada total ou parcial da bexiga).
 

 

No resumo publicado no site da universidade, os investigadores assinalam que a Radioterapia poderia ser uma melhor opção para os doentes mais idosos, nos quais a extracção da bexiga é mais problemática.
 

 

No estudo, os especialistas analisaram o histórico médico de 169 pacientes tratados ao Cancro da Bexiga invasivo entre 1996 e 2000. Destes, 97 tinham recebido Radioterapia e 89 tinham sido operados. Os índices de sobrevivência em ambos os grupos foram comparados cinco e oito anos depois do tratamento, sem que se constatassem diferenças significativas.
 

 

Passados oito anos, 54,9% das pessoas tratadas com Radioterapia estavam vivas, assim como 53,4% do grupo operado. Isto, apesar do grupo submetido ao tratamento de radiação ter uma média de idade mais alta, de 75,3 anos, que o grupo operado, no qual a média era de 68,2 anos.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.