Como o consumo de drogas pode levar à doença mental

Estudo liderado pelo especialista António Palha

02 dezembro 2009
  |  Partilhar:

A ligação entre o consumo de drogas e o desenvolvimento de patologias psiquiátricas foi analisada no estudo “O Problema da Comorbilidade - Como o consumo de drogas pode levar à doença mental”.

 

Da autoria dos especialistas António Palha, vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental, e pela psiquiatra Catarina Iglésias, o trabalho foi realizado na Casa de Saúde do Bom Jesus, Unidade de Desabituação de São Luís, em Braga, para perceber quais as doenças mentais mais associadas ao consumo de drogas.

 

Esta primeira fase da investigação, que decorreu entre 2004 e 2009, envolveu 162 doentes, dos quais 115 homens, com uma média de idade de 36 anos, sendo o número médio de anos do consumo de substâncias de 15.58 e a média de idade de início do consumo os 20 anos de idade.

 

Dos 162 doentes analisados, 72 apresentaram depressão, 46 esquizofrenia e 20 perturbação da personalidade, entre outras doenças psiquiátricas. No que respeita às dependências, 67 eram consumidores de heroína, 31 de cocaína e heroína, 16 de álcool e heroína, 15 de álcool e 10 apresentam dependência de heroína, cocaína e álcool.

 

Em declarações à agência Lusa, o psiquiatra António Palha referiu que "as pessoas com doença mental severa estão em maior risco de desenvolver uma perturbação pela utilização de drogas do que a população em geral". O especialista aconselha, por isso, que os toxicodependentes sejam devidamente avaliados para verificar se têm ou não perturbações de personalidade, lembrando que "de um modo geral, a toxicodependência acaba por nascer em pessoas que têm personalidades um pouco anómalas ou então por virtude de um comportamento irregular que a própria droga conduz, um comportamento marginal".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.