Como é que o exercício físico ajuda os pacientes com cancro da próstata?

Estudo realizado pela University of California

06 fevereiro 2012
  |  Partilhar:

A prática de exercício físico intenso poderá prevenir ou atrasar a progressão do cancro da próstata, dá conta um estudo que foi realizado pela University of California.

 

Estudos anteriores já tinham demonstrado que a prática de exercício físico, nomeadamente fazer jogging três ou mais de quatro horas por semana, estava associada com um menor risco de progressão do cancro e morte, após o diagnóstico. Contudo, estes estudos não explicaram qual a razão desta associação.

 

Para este estudo, que foi apresentado no American Society of Clinical Oncology, em São Francisco, nos EUA, os investigadores compararam a atividade de cerca de 20.000 genes expressos na próstata de 70 indivíduos com baixo risco de desenvolver cancro da próstata, com a atividade dos genes de 70 indivíduos saudáveis. Todos os participantes responderam a questionários para avaliação da sua atividade física.

 

Os investigadores liderados por June Chan constataram que a prática de exercício físico intenso afetava a expressão de 184 genes. Concretamente, o estudo revelou que a expressão de 109 genes estava aumentada, ou mais ativa, enquanto que 75 genes estavam menos ativos, nos homens que praticavam, pelo menos três horas por semana, de exercício físico intenso em comparação com aqueles que praticavam pouco. Os genes que estavam mais ativos incluíam alguns dos envolvidos na supressão dos tumores, como o BRCA1 e o BRCA2, e na reparação do ADN. 

 

Os autores do estudo continuam atualmente a analisar os resultados para identificar, nomeadamente, quais as vias envolvidas na redução da expressão dos genes que são afetados pela prática de exercício intenso.

 

Apesar de estes ainda serem resultados preliminares, sendo necessários mais estudos em larga escala para os comprovar, June Chan revelou, em comunicado de imprensa que “aqui está mais uma razão válida para a praticar de exercício físico, dado que pode apresentar benefícios para os indivíduos que sofrem de cancro da próstata.”

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.