«Como deuses entre nós»

Obra de ficção desmistifica esquizofrenia

06 outubro 2004
  |  Partilhar:

 «Como deuses entre nós», da autoria de António Sampaio, é um romance que aborda a questão da diferença, dos que são e dos que se consideram acima do comum dos mortais, e que, de uma forma simples e clara, cruza a questão da esquizofrenia. A cerimónia de lançamento, ocorre hoje, na FNAC do Colombo, no dia anterior à comemoração do Dia Mundial de Saúde Mental que amanhã, dia 10 de Outubro, se assinala, conta com a presença de Irene Cruz e Edmundo Rosa, actores do elenco da telenovela Baía das Mulheres (no papel de Silvina e Eusébio), que vão interpretar um excerto do romance. A apresentação de «Como deuses entre nós» será feita por Manuel Poppe, escritor e crítico literário.Os direitos de autor da primeira edição da obra revertem a favor da Associação de Educação e Apoio na Esquizofrenia (AEAPE) que estará representada nesta apresentação por Fausto Amaro, professor de Sociologia e autor de uma tese que trata as perspectivas sociológicas do indivíduo com esquizofrenia, e Ângela Feliciano, mãe e mulher de doentes com esquizofrenia, dois associados que falarão sobre a doença.Médicos na Internet

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.