Comissão Europeia desaconselha "chumbo" dentário

Amálgamas dentárias contêm mercúrio prejudicial para a saúde

22 julho 2005
  |  Partilhar:

No passado dia 24 de Junho o Conselho Europeu dos Ministros do Ambiente, corroborou a estratégia definida por um estudo da Comissão Europeia sobre o mercúrio, um metal líquido altamente tóxico, para que este seja banido, nomeadamente das amálgamas dentárias, vulgarmente denominadas por “chumbo”.É recomendado aos dentistas substituírem os conhecidos “dentes chumbados”, devido à toxicidade do mercúrio, um dos seus componentes. "A maior fonte de exposição ao mercúrio é a inalação dos vapores de mercúrio nas amálgamas dentárias", confirma o mesmo estudo. Em Portugal, e na sequência da publicação destas conclusões, o bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) apelou aos dentistas para que "ponderem a substituição da amálgama por outros produtos já existentes no mercado, nomeadamente resinas compostas e/ou cerâmica".Em entrevista à agência Lusa Orlando Monteiro da Silva, afirmou "o estudo é orientado para a proibição do uso da amálgama dentária porque contém mercúrio e apresenta riscos significativos para a saúde, nomeadamente a nível do sistema nervoso e por isso a sua utilização deve ser proibida ou reduzida".Apesar disto a OMD referiu que o objectivo não é alarmar as pessoas, não é necessária a substituição das amálgamas dentárias, não é essa a indicação da Comissão Europeia. É apenas um conselho para que se utilizem alternativas mais seguras.Na opinião do bastonário "é necessário e urgente informar os profissionais e os pacientes para preferirem estes produtos em substituição das amálgamas, indo ao encontro do que está a ser preconizado pelas entidades ambientais e de saúde europeias".Em Portugal não existe legislação a proibir a utilização deste componente, mas alguns países da CE já legislaram a sua proibição. No entanto, o bastonário da OMD confirmou que perante as alternativas existentes, mais estéticas e mais seguras, já não existem em Portugal muitos dentistas a utilizarem os conhecidos “chumbos”.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.