Comissão Europeia apela a seguro de doença europeu

Sistema já beneficia 900 mil portugueses

13 julho 2009
  |  Partilhar:

"O cartão europeu de seguro de doença garante a tranquilidade de espírito a milhões de pessoas que viajam na União Europeia". Foi este o apelo enviado a todos os cidadãos da UE pelo comissário europeu do Emprego e Assuntos Sociais, Vladimir Spidla.

 

O cartão simplifica os procedimentos e reduz as formalidades administrativas ligadas aos tratamentos médicos aquando de uma deslocação temporária ao estrangeiro.

 

Os cidadãos de 31 países europeus (os 27 da UE, mais Noruega, Liechtenstein, Islândia e Suíça) podem utilizar este cartão para ter acesso a cuidados médicos em caso de doença ou acidente verificados noutro país.

 

De acordo com dados do Eurostat, em 2008 já eram titulares do cartão europeu de seguro de doença 35% dos europeus (mais de 181 milhões de pessoas), entre os quais oito por cento de portugueses (quase 900 mil). A percentagem varia muito entre os países aderentes ao sistema, desde menos de 5% na Bulgária, Roménia, Grécia, Polónia e Espanha e quase 100% na Itália, Áustria, República Checa e Suíça.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.