Comer peixe na gravidez faz bem ao bebé

Duas últimas semanas de gestação são as determinantes

13 maio 2004
  |  Partilhar:

O consumo de peixe durante as últimas semanas de gestação contribui para que o bebé tenha mais peso à nascença, sugere um estudo de especialistas britânicos. A investigação, publicada no Journal of Epidemiology and Community Health centrou no comportamento alimentar de 12 mil mulheres grávidas, e conclui que o ideal é comer peixe duas a três vezes por semana. Os bebés com pouco peso à nascença podem ser adultos com problemas cardíacos ou diabetes. Normalmente acontece em um em cada dez nascimentos, mas em mulheres que não comiam peixe esta tendência aumente cerca de 13%. Os investigadores da Universidade de Bristol fizeram um inquérito ao consumo de peixe de mulheres às 32 semanas de gestação. A partir daí foi calculada a ingestão de ácidos gordos conhecidos como ómega-3, considerados benéficos para a saúde. Em media, cada mulher comia por dia o equivalente a um terço de um lata de atum, ou seja, cerca de 0,15 gramas de ómega-3. De acordo com o estudo, a dieta rica em peixe – duas a três refeições por semana – parece aumentar a taxa de crescimento fetal durante a gravidez. Quanto mais peixe as mulheres comiam, menos nascimentos de bebés com pouco peso eram registados. Apesar desta relação causa/consequência não estar tão marcada quando era tomada em consideração de a intervenção de outros factores, como fumar, ainda era bastante significativa. Fonte: Diário Digital

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.