Comer caracóis pode ser fatal

Médicos australianos alertam para parasita perigoso

20 outubro 2003
  |  Partilhar:

Se a caracoleta é uma iguaria da cozinha francesa internacionalmente reconhecida, comer caracóis de jardim pode ser fatal. Médicos australianos descobriam o risco depois de um paciente com raros sintomas ter dito que tinha comido caracóis de jardim como parte de uma aposta com amigos.Depois de várias semanas a efectuar exames, o homem foi diagnosticado com meningite eosinofílica – uma doença pulmonar causada pela ingestão de moluscos, que albergam larvas de minhocas e que provoca problemas nos pulmões _ , segundo informou o  Medical Journal da Austrália.«Várias entrevistas com o paciente revelaram que cinco semanas antes do aparecimento dos sintomas, e como parte de uma aposta, o doente tinha consumido caracóis de um jardim situado nos subúrbios de Sydney», disse o co-autor da informação John Walker, do Departamento de Medicina da Universidade de Sydney. «Os humanos podem alojar acidentalmente a larva, ao consumir moluscos ou crustáceos crus, mal cozidos ou verduras contaminadas», explicou o especialista.  Depois de cinco meses de tratamentos intensivos, o doente pôde voltar à sua vida normal. O parasita angiostrongylus cantonensis é a causa mais comum da meningite eosinofílica, e é endémico no sudeste da Ásia e na bacia do Pacífico. Na Austrália, no entanto, a primeira infecção provocada por este parasita  registou-se em 1971. Desde então, a doença provocou um caso mortal: uma criança que consumiu moluscos de um jardim suburbano em Brisbane. Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Classificações: 2Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.