Comer bróculos pode prevenir maioria dos cancros do estômago
27 maio 2002
  |  Partilhar:

Os bróculos contêm um agente químico que mata a bactéria responsável pela maioria dos cancros do estômago, indica um artigo publicado na revista Proceedings, da Academia Nacional das Ciências dos Estados Unidos.
 

 

Em testes laboratoriais, os cientistas da Johns Hopkins University School of Medicine detectaram que o químico, sulforafano, mata a "helicobacter pylori", uma bactéria que causa úlceras no estômago e é responsável por muitos cancros fatais.
 

 

As boas notícias, segundo os cientistas, é que parece ser suficiente comer bróculos em quantidades razoáveis para receber os benefícios deste agente químico.
 

 

"Sabemos que o sulforafano é eficaz na protecção de cancros", afirmou Jed W. Fahey, um dos investigadores responsáveis pelo estudo.
 

 

Em laboratório, os cientistas verificaram que o sulforafano matava inclusivamente helicobactérias habitualmente resistentes a antibióticos.
 

 

Além do mais, o químico era eficaz para matar a bactéria quer esta se encontrasse dentro ou fora das células, um dado importante já que em algumas pessoas esta pode "esconder-se" nas células que revestem o estômago, tornando mais difícil o combate à infecção.
 

 

Os estudos realizaram-se em ratos e os cientistas esperam agora determinar se o mesmo efeito se verifica em seres humanos.
 

 

"Se no futuro estudos clínicos conseguirem provar que determinado alimento pode aliviar ou prevenir doenças associadas a esta bactéria, isso poderá ter grandes implicações na saúde pública", afirmou Fahey.
 

 

"Em algumas zonas da América do Sul e Central, da África e da Ásia, cerca de 80 a 90 por cento da população está infectada com a helicobactéria, uma situação provavelmente relacionada com situações de pobreza e falta de higiene", acrescentou.
 

 

Esta bactéria pode habitualmente ser combatida com antibióticos mas estes são demasiado caros e raros nestas zonas do globo.
 

 

Fonte: Lusa
 

 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.