Combate ao cancro

Factor de crescimento protege lesões decorrentes de processos quimioterapêuticos

18 agosto 2005
  |  Partilhar:

Uma equipa de cientistas japoneses e norte-americanos descobriu que um factor relacionado com o crescimento humano faz também crescer de forma intensiva a linha epitelial dos intestinos de ratinhos protegendo-os das lesões decorrentes de processos quimioterapêuticos.Os investigadores, de acordo com um estudo publicado na revista Science, comprovaram que o factor de crescimento "R-spondin 1" aumenta significativamente a proliferação das células da cripta epitelial do intestino. A proliferação celular detectada era acompanhada por um aumento do tamanho dos intestinos, tanto o delgado como o grosso, nos ratinhos de laboratório em que foi feita a experiência.Perante estes resultados, foram estudados os efeitos do “R-spondin 1" em ratinhos com tumor de estômago. Os cientistas descobriram que esse factor de crescimento diminuía os danos na mucosa intestinal decorrentes da quimioterapia, nomeadamente com o tratamento de quimioterapia 5FU.Reduziu-se desse modo a diarreia e a perda de peso nos ratinhos sob quimioterapia aos quais era administrada a "R-spondin 1" e comprovou-se que a aplicação deste factor não comprometia a eficácia do tratamento contra o tumor.Fonte: Lusa MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.