Combate à Tuberculose travado por estirpes resistentes e ligação à Sida

Alerta da OMS

26 março 2008
  |  Partilhar:

O combate à Tuberculose está a ser minado pelo aparecimento de estirpes resistentes aos medicamentos e a elevada mortalidade em doentes seropositivos, revela um relatório da Organização Mundial da Saúde.
 

 

De acordo com a OMS, o nível de casos com Tuberculose multi-resistentes a fármacos terapêuticas subiu ao nível mais alto de sempre e "a resposta a esta epidemia tem sido inadequada", lê-se no documento divulgado.
 

 

Segundo o relatório sobre o Controlo Global da Tuberculose 2008, estima-se que apenas 10% das pessoas com tuberculose multi-resistente terão acesso a tratamento devido à falta de capacidade dos serviços de saúde e laboratórios.
 

 

Outra grande ameaça é a combinação entre a tuberculose e o vírus da Sida, "que está a alimentar a epidemia de Tuberculose em muitas partes do mundo, especialmente em África".
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.