Combate a parasitas resistentes a tratamentos da malária

OMS lança plano

14 janeiro 2011
  |  Partilhar:

A Organização Mundial de Saúde (OMS) apresentou esta semana um plano denominado “Global Plan for Artemisinin Resistance Containment” para combater a disseminação de parasitas resistentes aos tratamentos da malária, dá conta uma notícia avançada pela agência Lusa.

 

Este plano apresenta as medidas a tomar para prevenir a resistência aos compostos de artemisinina, actualmente o principal e mais potente tratamento da malária. Apesar de este tratamento ser eficaz em mais de 90% dos casos em todo o mundo, casos de resistência a este agente anti-malárico já surgiram em áreas da fronteira entre o Camboja e a Tailândia.

 

A directora-geral da OMS, Margaret Chan, divulgou que “a utilidade da nossa arma mais potente está agora sob ameaça”, explicando que é fundamental travar o aparecimento de resistência aos medicamentos na sua origem pois, se houver propagação desses parasitas resistentes, muitos países deixarão de ter qualquer solução para combater a doença.

 

O director do Programa Mundial de Luta Contra a Malária, Robert Newman, revelou que para impedir a evolução desta situação e atingir os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio no que se refere à saúde “é absolutamente necessário eliminar a ameaça da resistência ao ACT” (ou composto de artemisinina).

 

Assim, o plano apresentado tem por objectivo evitar a resistência ao medicamento em cinco etapas. A primeira etapa consiste em travar a disseminação de parasitas resistentes através da agenda de controlo da doença e do plano que está em curso e já financiado. A segunda etapa do plano implica aumentar a monitorização da resistência ao medicamento, já que em 2010 só 31 de 75 países estudados o faziam.

 

De acordo com o último relatório da OMS, estima-se que o número de mortes devido à malária diminuiu de 985 mil em 2000 para 781 mil em 2009.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.