Colonoscopias difíceis de marcar na Grande Lisboa

Alerta da Europacolon Portugal

21 janeiro 2008
  |  Partilhar:

 

A associação de luta contra o Cancro do Intestino lançou um alerta para a dificuldade de marcar exames de diagnóstico no Serviço Nacional de Saúde (SNS) na área da Grande Lisboa, devido à sobrelotação dos centros de Radiologia.
 

 

"Muitas das pessoas que contactam a nossa linha de apoio queixam-se de que não conseguem efectuar colonoscopias pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS), invocando que os centros de Radiologia não conseguem fazer as marcações", contou Vítor Neves, presidente da Europacolon Portugal.
 

 

Alguns médicos da zona da Grande Lisboa já confirmaram estas dificuldades na marcação de exames, mas a associação vai tentar investigar quais as causas deste problema. "Preocupa-nos muito que uma pessoa a quem o médico transmite que deve fazer uma colonoscopia não o possa concretizar. É angustiante", comentou o responsável, adiantando que muitas pessoas acabam por ter de realizar o exame fora do SNS.
 

 

Desde que foi criada, há quase dois meses, a linha telefónica de apoio a doentes do cancro do intestino (808 200 199) recebeu cerca de 300 chamadas, a grande maioria das quais da zona sul do país.
 

 

Fonte: Lusa
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.