Colonoscopia menos dolorosa

Estudo publicado na revista “Optical Engineering”

02 maio 2011
  |  Partilhar:

A colonoscopia é considerado o meio mais completo para detectar o cancro do cólon, mas o processo, que tem o potencial de salvar vidas, também pode ser doloroso. Cientistas e engenheiros da Universidade Tuft, nos EUA, estão a desenvolver uma técnica que pode reduzir o desconforto sentido pelo paciente sem comprometer a precisão do exame.

 

No estudo, liderado pela professora associada de engenharia mecânica, Caroline GL Cao, e publicado na revista “Optical Engineering”, os cientistas, referem terem equipado um endoscópio com sensores de fibra óptica e electrónicos digitais que permitem ao médico visualizar o posicionamento do endoscópio e a sua forma num monitor, melhorando a “navegabilidade” do equipamento.

 

Durante a tradicional colonoscopia, o endoscópio é inserido no cólon e movimentado de modo a que o médico examine o cólon do paciente. Mas a ponta do endoscópio pode embater contra a parede do cólon, impossibilitando essa movimentação. Quando o médico aplica mais pressão no cabo, este pode enrolar-se, dificultando o exame e, mais grave ainda, causando dor.

 

Em comunicado de imprensa, a líder da investigação refere que, com o método desenvolvido ”os médicos terão uma maneira de ver, em tempo real, como o endoscópio se movimenta dentro do corpo do paciente (…) Se o endoscópio se começar a enrolar, terão a oportunidade de ver instantaneamente e poderão fazer ajustes para endireitá-lo”. Entretanto, a universidade está à procura de patrocinadores para poder avançar para a sua comercialização.

 

O exame ao cólon é aconselhado a partir dos 50 anos e as probabilidades de cura, em caso de cancro, são elevadas se a doença for diagnosticada precocemente.  O cancro do cólon é a terceira principal causa de morte relacionada ao cancro nos Estados Unidos, com 102.900 novos casos diagnosticados em 2010.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Classificações: 2Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.