Colocação de banda gástrica provoca deficiência no metabolismo do ferro

Estudo publicado no “American Journal of Clinical Nutrition”

20 outubro 2009
  |  Partilhar:

Depois de uma cirurgia de colocação de banda gástrica para o tratamento da obesidade, os pacientes podem passar a sofrer de deficiência de ferro, facto que provavelmente ocorre devido a uma alteração no metabolismo deste mineral, revela um estudo publicado no “American Journal of Clinical Nutrition”.

 

Manuel Ruz, da Universidade do Chile, verificou que 39% das 67 mulheres chilenas submetidas a cirurgia de colocação de banda gástrica desenvolveram anemia durante o período de 18 meses após a cirurgia. Contudo, apenas 2% delas estava anémica antes da cirurgia.

 

Exames clínicos realizados seis meses após a cirurgia demonstraram que, em média, as mulheres passaram a absorver através da alimentação apenas um terço do ferro que absorviam antes da cirurgia. Mais, verificou-se que a absorção dos suplementos de ferro diminuiu significativamente depois da cirurgia.

 

Todas as voluntárias tomaram complementos de vitaminas e minerais depois da cirurgia, mas nem todas tomaram suplementos de ferro. As que o fizeram tomaram 18 miligramas por dia, que é a dose de ferro recomendada para as mulheres com menos de 50 anos. Contudo, para prevenir a deficiência do mineral, os médicos acharam necessário administrar, em certas pacientes, fórmulas novas de absorção mais rápida ou infusões em vez dos comprimidos.

 

Segundo o estudo, a alteração da capacidade de absorção do ferro, e não o baixo consumo decorrente das mudanças alimentares, é a principal responsável pela deficiência do mineral.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.