Colchão demasiado duro não faz bem às costas

Densidade média é melhor para dores lombares

18 novembro 2003
  |  Partilhar:

O senso comum de que colchões duros são melhores para as pessoas com dores nas costas caiu por terra depois que um estudo médico concluiu que os colchões de densidade média são melhores para tratar o problema.
 

 

Investigadores espanhóis, liderados por Francisco Kovacs, da Fundação Kovacs de Palma de Mallorca, recrutaram 313 voluntários com dores lombares e substituíram os seus colchões por outros, mais duros ou de densidade média.
 

 

Pediu-se aos voluntários que descrevessem o nível de dor que sentiam ao deitar e quando se levantavam de manhã, bem como o nível de incapacidade antes e três meses depois do estudo. Nenhum deles sabia o tipo de colchão em que se deitava.
 

 

As pessoas que usaram colchões de densidade média declararam uma melhora duas vezes maior nos níveis de dor e incapacidade em relação àquelas que usaram os mais duros, e apenas a metade disse ter precisado recorrer a analgésicos. O estudo foi publicado recentemente na revista médica britânica «The Lancet».
 

 

A dor nas costas é um problema crónico e disseminado numa sociedade crescentemente sedentária e acarreta em perdas de produção de milhões de euros.
 

 

 

Até agora os médicos dispunham de opções limitadas para ajudar os seus pacientes, recorrendo ao tratamento clínico com analgésicos, psicoterapia e até cirurgia, disse Jenny McConnell, especialista australiana em medicina desportiva.
 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

 

MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.