"Codex Alimentarius" da ONU

Aprovadas novas medidas alimentares em defesa dos consumidores

11 julho 2007
  |  Partilhar:

A Comissão do "Codex Alimentarius" da ONU aprovou 44 medidas alimentares em defesa dos consumidores, nomeadamente respeitantes à produção de ovos e ao vinho, informa um comunicado conjunto da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) e da Organização Mundial de Saúde (OMS). Estabeleceu-se ainda uma série de princípios de análise de riscos para ajudar os governos a criarem as suas próprias normas, informa ainda o comunicado. Este organismo modificou algumas normas já existentes e estabeleceu outras novas, entre elas um código para prevenir ou reduzir a presença de "ocratoxina A" que aparece na cadeia de produção do vinho, uma toxina que pode ser prejudicial para o organismo. Foi também aprovado um novo código sobre as práticas higiénicas na produção de ovos para proteger os consumidores de bactérias como a Salmonella que originam doenças . Este organismo estabeleceu ainda uma norma revista para garantir maior inocuidade dos preparados para lactantes e os que têm uma finalidade médica específica "que se espera possam salvar a vida de muitas crianças em todo o mundo", segundo o comunicado. Fonte: Lusa ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.