"Cocktail" de anti-retrovirais protegeu macacos contra o vírus HIV

Tenofovir (TDF) e emtricitabina (FTC) usados em conjunto

22 março 2006
  |  Partilhar:

Uma injecção diária com um "cocktail" de dois anti-retrovirais usados habitualmente para tratar seropositivos protegeu macacos rhesus contra uma infecção pelo vírus da Sida, indicaram investigadores norte-americanos.Embora muito preliminares, os resultados de uma investigação dos Centers for Disease Control and Prevention (CDC) dos EUA, apontam para a possibilidade destes dois medicamentos serem usados como tratamento preventivo de infecções contraídas por contactos sexuais.A experiência foi realizada com 12 macacos rhesus, seis dos quais foram tratados com tenofovir (TDF) e emtricitabina (FTC). Esta combinação deu 100 % de protecção contra o vírus da Sida, que neste caso era uma combinação das versões humanas e da do macaco, afirmou Walid Heneine, dos CDC, numa comunicação ao 13º Congresso sobre Retrovírus e Infecções Oportunistas. Todos estes macacos foram expostos rectalmente ao vírus da sida. A experiência foi repetida diariamente, durante 14 dias, com os dois grupos de símios, precisou Walid, um dos co-autores do estudo. Os investigadores prosseguiram as injecções subcutâneas dos dois anti-retrovirais  (TDF/FTC) aos macacos tratados durante um mês depois do último contacto rectal com o vírus da sida. Enquanto que os seis macacos tratados com o cocktail de anti-retrovirais não contraíram o vírus, todos os outros animais do grupo testemunha foram infectados. Fonte: Lusa MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.