Cocaína detectada no ar das cidades de Madrid e Barcelona

Estudo será publicado na revista científica “Analytical Chemistry”

14 junho 2009
  |  Partilhar:

 

 

O ar das cidades de Madrid e Barcelona apresentou partículas de cocaína, de acordo com um estudo espanhol realizado pelo Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC), cujos resultados serão publicados na revista científica “Analytical Chemistry”.

 

Na investigação foram pesquisadas 17 substâncias presentes em cinco tipos diferentes de drogas ilícitas: cocaína, anfetaminas, opiáceos, cannabis e ácido lisérgico.

 

Os resultados, citados pelo jornal espanhol “El Mundo”, revelaram que a cocaína é a droga predominante no ar das duas principais cidades espanholas. Os cientistas encontraram concentrações entre 29 e 85 picogramas (igual a um milionésimo de micrograma) de cocaína por metro cúbico de ar.

 

O estudo recorreu a um inovador método de detecção de drogas no ar, adaptado especificamente para esta investigação.

 

De acordo com os resultados do trabalho, também foram encontradas partículas de heroína, em níveis detectáveis, nas amostras recolhidas em Madrid, mas não em Barcelona. Provavelmente, refere o trabalho, por as amostras terem sido recolhidas perto de um bairro madrileno onde há suspeita de actividade de tráfico de droga.

 

Também foi verificada uma maior concentração das substâncias durante o fim-de-semana, "o que sugere um maior consumo durante esse período".

 

 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.