Cobras e escorpiões

Tratamento popular contra picada pode ser prejudicial

11 agosto 2002
  |  Partilhar:

São muitas os remédios e mezinhas aconselhadas pela sabedoria popular contra as picadas de cobras ou escorpião. Centenas de plantas, aplicação de um torniquete ou a realização de uma incisão e a sucção do veneno fazem parte do rol de advertências da cultura tradicional.
 

 

Mas, segundo especialistas norte-americanos, muitos destes procedimentos não são aconselháveis e podem até ser prejudiciais.
 

 

Num comunicado difundido à imprensa, Robert A. Barish, da Escola de Medicina da Universidade de Maryland, em Baltimore, refere que «embora essas medidas ultrapassadas ainda sejam amplamente aceites pelo público geral, elas podem fazer mais mal do que bem, ao adiar o atendimento médico imediato, contaminando a ferida ou danificando os nervos e vasos sanguíneos».
 

 

O que fazer?
 

 

Existem provas suficientes, segundo o médico, para afirmar que cortar e sugar o veneno da picada, ou aplicar gelo ou um torniquete no local ferido, não ajuda em nada o doente.
 

 

Em vez disso, a vítima deverá ser colocada longe da cobra, numa posição de repouso, mantida aquecida e transportada imediatamente para o hospital mais próximo.
 

 

O especialista também recomenda que a área ferida seja «imobilizada em posição funcional abaixo do nível do coração» e que sejam retirados anéis, relógios e roupas apertadas. A vítima não deve tomar nenhum estimulante.
 

 

O número oficial de picadas de cobras nos Estados Unidos é de cerca de seis mil por ano, sendo que um terço envolve cobras venenosas, mas os investigadores destacaram que muitas picadas não são relatadas.
 

 

Os autores do estudo ressaltaram que a grande maioria das picadas de cobras ocorre quando as pessoas entram em contacto próximo e intencional com os animais.
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.