Clorofila pode travar BSE

Pigmento vegetal pára crescimento de priões

04 abril 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

Um grupo de investigadores japoneses descobriu que um pigmento vegetal usado em produtos alimentares pode travar o crescimento de uma partícula causadora da Encefalopatia Espongiforme Bovina (BSE), mais conhecida como doença das vacas loucas.
 

 

Segundo o diário económico Nihon Keizai, a clorofilina cúprica de sódio, um corante extraído da clorofila, pode travar o crescimento dos priões anómalos a que se atribui a BSE, se for combinada com outros pigmentos atípicos.
 

 

A descoberta, feita por investigadores do Centro Nacional de Neurologia e Psiquiatria do Japão, abre novos caminhos à prevenção e tratamento da variante humana da BSE, a doença de Creutzfeld-Jakob, causada pelo consumo de carne de vaca contaminada, refere a notícia.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.