Clonagem humana deve ser considerada "crime internacional"
17 agosto 2001
  |  Partilhar:

A clonagem com fins reprodutivos deveria ser considerada um "crime internacional", declarou hoje ao "Le Monde" a presidente do Grupo de ética das ciências e das novas tecnologias da União Europeia.  

 

Noelle Lenoir mostrou-se a favor de que todos os países sigam o exemplo do Reino Unido e "criminalizem esta prática", ao mesmo tempo que considerou que deve ser reconhecida "a competência dos juízes para perseguir os autores destes comportamentos".  

 

Actualmente, a situação é muito contraditória e vai do Reino Unido, que acaba de autorizar a investigação da clonagem terapêutica, à Irlanda, onde a Constituição excluiu toda a investigação sobre o embrião.  

 

Lenoir instigou a UE a clarificar o estatuto jurídico no domínio da investigação de células mãe humanas e afirmou que a UE deve pronunciar-se sobre o financiamento das investigações nesta área no âmbito do Programa Quadro de investigação para 2002-2006.  

 

Fonte: Lusa  

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.