Clonagem animal para produção de alimentos rejeitada pelos portugueses

Inquérito divulgado pela Comissão Europeia

14 outubro 2008
  |  Partilhar:

Os portugueses estão entre os europeus que mais rejeitam a clonagem de animais para a produção de alimentos, segundo um inquérito divulgado pela Comissão Europeia.
 

 

Um estudo Eurobarómetro encomendado pelo executivo comunitário indica que 64% dos portugueses interrogados acham que a clonagem de animais para a produção de alimentos "não é justificável" e 37% afirmam "não ser nada provável" que alguma vez venham a comprar esses produtos.
 

 

Os mil portugueses interrogados têm uma opinião ainda mais desfavorável em relação à clonagem para fins de produção alimentar do que os 25 mil cidadãos questionados na União Europeia, dos quais, 58% rejeita aquela técnica de reprodução aplicada a animais para consumo humano e 43% recusa vir a adquirir produtos.
 

 

Fonte: Lusa
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.