Clínicos só poderão receber até 35 euros por hora nas urgências

Dados da Administração Central do Sistema de Saúde

26 dezembro 2008
  |  Partilhar:

Os hospitais públicos portugueses só poderão pagar até 35 euros por hora de serviço prestado pelos médicos fornecidos por empresas privadas, uma prática cada vez mais frequente nos serviços de urgência por causa da falta de profissionais.

 

Os valores por hora de referência foram esta semana divulgados pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), conforme tinha sido determinado num despacho do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde que visou regular a prestação de serviços por empresas privadas.

 

Os valores definidos são de 27,5 euros para médicos não especialistas e 35 euros para médicos especialistas, por hora de serviço prestado nas urgências hospitalares.

 

Trata-se de valores bastante inferiores aos praticados em algumas especialidades, conforme revelou a agência Lusa em Setembro. Alguns médicos de especialidades mais carenciadas, como a anestesiologia, recebiam por hora cerca de 100 euros.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar