Clínicos gerais deixam de receber horas extraordinárias

Além do salário base, auferem por actos médicos

22 junho 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

O Ministério da Saúde vai alargar a todos os clínicos gerais o regime remuneratório que prevê, além do salário base, o pagamento de um subsídio de produção. Os médicos das urgências passarão também a ser pagos desta forma, já que o actual pagamento das horas extraordinárias tem os dias contados.
 

 

A garantia foi esta semana deixada pela secretária de Estado adjunta do ministro da Saúde, Carmen Pignatelli, que participou no IV Fórum As Reformas da Saúde, organizado pelo Diário Económico.
 

 

«Vamos uniformizar o pagamento do regime remuneratório experimental [que funciona num número reduzido de centros de saúde] a todos os profissionais», o que implica que os clínicos gerais terão um salário base, acrescido de um subsídio em função dos actos médicos realizados.
 

 

Fonte: Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.