Cirurgia bariátrica pode induzir parto prematuro

Estudo publicado no “British Medical Journal”

15 novembro 2013
  |  Partilhar:

Os bebés cujas mães foram submetidas a uma cirurgia bariátrica apresentam um maior risco de nascerem prematuramente e serem pequenos para a idade gestacional, revela um estudo publicado no “British Medical Journal”.
 

De acordo com os investigadores do Instituto de Karolinska, na Suécia, estas gravidezes deveriam ser consideradas de risco e a monitorização pré-natal deveria ser realizada com uma atenção redobrada.
 

O estudo comparou mais de 2.500 bebés, nascidos entre 1992 e 2009, cujas mães tinham sido submetidas a uma cirurgia bariátrica, com 12.500 crianças cujas mães não tinham sido sujeitas a este tipo de intervenção cirúrgica.
 

O estudo apurou que os bebés cujas mães tinham sido submetidas à cirurgia tinham um menor peso à nascença. Foi especificamente verificado que 5,2% eram pequenos para a idade gestacional comparativamente com os 3% do grupo de controlo. Apenas 4,2% dos bebés cujas mães foram submetidas à cirurgia eram grandes para a idade gestacional em comparação com os 7,3% do grupo de controlo. Adicionalmente 9,7% dos bebés nasceram antes da 37ª semana de gestação, comparativamente com os 6,1% do grupo de controlo.
 

“As mães com o mesmo índice de massa corporal dão à luz bebés com pesos diferentes dependendo se foram ou não submetidas a uma cirurgia bariátrica, assim há de facto algum tipo de associação entre as duas. Contudo, ainda não sabemos como a cirurgia afeta o crescimento fetal, mas sabemos que as pessoas submetidas à cirurgia bariátrica encontram-se em maior risco de apresentar deficiências em determinados micronutrientes”, revelou, em comunicado de imprensa, um dos autores do estudo, Olof Stephansson.
 

De acordo com o investigadores, as mulheres que foram sujeitas a uma cirurgia barátrica deveriam ser inseridas no grupo de gravidez de risco, o que significa que deveria ser dada uma maior atenção pré-natal, o crescimento fetal deveria ser monitorizado através de ecografias ou serem dadas recomendações especiais no que diz respeito aos suplementos dietéticos.
 

Por outro lado, os especialistas também referem que a cirurgia bariátrica tem grandes benefícios para as mães, como a diminuição do risco da diabetes, doença cardiovascular, cancro ou acidente vascular cerebral. Adicionalmente, a obesidade é um fator de risco tanto para as mães como para os bebés durante a gravidez e parto.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.