Cirurgia aberta mais eficaz na maioria das hérnias

Estudo apresentado no American College of Surgeons

25 abril 2004
  |  Partilhar:

A cirurgia aberta é mais eficaz do que a láparo-cirurgia (realizada através de pequenas incisões e de um endoscópio rígido) no tratamento das hérnias, indica um estudo feito nos Estados Unidos junto de 1.700 pacientes.Os investigadores analisaram os resultados de 834 operações abertas e 862 láparo-cirurgias praticadas de 1999 a 2001 para hérnias inguinais, as mais comuns. Nos dois anos que se seguiram à operação, os pacientes que optaram pela cirurgia laparoscópica sofreram uma recaída em 10 por cento e uma complicação em 39 por cento, contra respectivamente 5 por cento e 33 por cento no grupo submetido a cirurgia aberta.Os pacientes do grupo da láparo-cirurgia estavam mais activos e sentiam menos dores nas duas semanas seguintes à operação, mas as diferenças entre os dois grupos esbateram-se nos três meses seguintes à intervenção.«Com base nestes resultados, recomendamos aos homens que sofram de uma hérnia nunca antes operada que se submetam a cirurgia aberta», declarou o responsável pela investigação, Leigh Neumayer, da Universidade de Utah.O estudo foi apresentado no domingo durante um congresso de cirurgia organizado em Boston (Massachusetts) pelo American College of Surgeons, sendo os trabalhos publicados na edição de 29 de Abril da revista New England Journal of Medicine.Fonte: Lusa

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.