Cinzeiros fora dos hospitais e centros de saúde

Direcção-Geral da Saúde anuncia recomendação

30 maio 2004
  |  Partilhar:

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) recomendou a remoção dos cinzeiros dos hospitais e centros de saúde e proibiu a venda de tabaco nas suas instalações para as manter livres de fumo.A medida consta de uma circular da DGS - a que a Agência Lusa teve acesso - que está a ser distribuída em «todos os estabelecimentos de saúde».A DGS recomenda aos órgãos máximos responsáveis por cada unidade de saúde a adopção de uma política de prevenção do tabagismo mediante a definição de estratégias para manter os serviços livres de tabaco, garantindo o cumprimento da legislação em vigor.Para facilitar o cumprimento da lei, a DGS recomendou a remoção dos cinzeiros e outros incentivos a fumar e a proibição da venda de tabaco nas instalações dos hospitais e centros de saúde. «Se a unidade prestadora de cuidados de saúde optar, contudo, por estabelecer locais onde é permitido fumar, estes devem ser afastados das áreas de recepção e tratamento dos doentes e sempre que possível dispor de ventilação separada», lê-se na circular da DGS.Esta segunda-feira assinala-se o Dia Mundial Sem Tabaco. Segundo dados divulgados em Novembro de 2003 pelo Conselho de Prevenção do Tabagismo, 16,6 por cento dos portugueses são fumadores, registando-se uma tendência para a redução do consumo do tabaco.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.