Cimeira Médica Ibérica analisa formação e exercício de médicos espanhóis
06 julho 2001
  |  Partilhar:

As condições de formação e exercício dos clínicos espanhóis em Portugal bem como dos estudantes portugueses que procuraram um curso de medicina em Espanha estão hoje em destaque na I Cimeira Médica Ibérica.
 

 

O encontro vai realizar-se em Lisboa e reunir a Ordem dos Médicos e o Conselho General de Colégios de Médicos de Espanha, organismos que irão analisar a situação dos 1 300 clínicos espanhóis que exercem em Portugal.
 

 

Em declarações à Agência Lusa, o bastonário da OM, Germano de Sousa, justificou a necessidade do encontro pela mobilidade cada vez maior entre os clínicos dos dois países, e pela "proximidade de posições" que os organismos português e espanhol que os representam assumiram por diversas vezes em instâncias europeias.
 

 

A Cimeira Médica Ibéria debruçar-se-á ainda sobre a posição e papel dos médicos na sociedade europeia actual e debaterá a questão dos estudantes portugueses que optam por se licenciar em Medicina em Espanha, onde a entrada na faculdade é mais facilitada.
 

 

Lusa
 

 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.