Cientistas sugerem aos astronautas uma sesta
07 janeiro 2002
  |  Partilhar:

A sesta, essa saudável rotina de alguns povos, tem tais
 

benefícios que alguns cientistas estão a sugeri-la como forma de atenuar os efeitos da perda crónica de sono de que sofrem os astronautas nas missões espaciais.
 

 

Os resultados dessa investigação também são aplicáveis aos
 

sectores da indústria onde a segurança tem uma grande importância, como os transportes, as forças militares e policiais, e a assistência médica.
 

 

Os estudos realizados sobre o sono dos astronautas indicam
 

que os humanos no espaço fazem uma média de seis horas diárias de descanso, isto é, ainda menos do que a média na Terra.
 

 

A sondagem da Fundação Nacional do Sono indica que 33 por
 

cento dos adultos dormiria uma sesta a meio da jornada de
 

trabalho, se lho permitissem, e 16 por cento dos trabalhadores informou que os seus patrões lhes autorizam a sesta.
 

 

A mesma sondagem mostra que 46 por cento dos trabalhadores
 

a quem é permitido dormir uma sesta aproveita a oportunidade. Entre os trabalhadores de turnos nocturnos, esse aproveitamento sobe para os 57 por cento.
 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.