Cientistas que descobriram genes que controlam o ciclo celular ganham Nobel de Medicina

Pioneiros na investigação das células do cancro premiados pelo Instituto Karolinska

07 outubro 2001
  |  Partilhar:

O Prémio Nobel de Fisiologia / Medicina de 2001 foi atribuído hoje, pelo Instituto Karolinska da Suécia, a três cientistas pelas suas descobertas relativas ao «ciclo celular», estudos que pretendem encontrar a cura para o cancro. Foram premiados o norte-americano Leland H. Hartwell e os britânicos Timothy Hunt e Paul M. Nurse que irão dividir o prémio de 280 mil contos.
 

 

Hartwell descobriu um género de genes que administram o ciclo celular; Hunt investigou as moléculas especiais que trabalham como um motor da divisão celular, e Nurse esclareceu o modo como as proteínas actuam como agente de mudanças para controlar a velocidade do crescimento.
 

 

Os biliões de células que compõem o corpo humano dividem-se para dar origem ao crescimento, mas os erros deste processo podem causar doenças. Hartwell, Hunt e Nurse fizeram descobertas para entender como as células controlam a divisão.
 

 

Essas descobertas biológicas são fundamentais e importantes para tudo que se relaciona com o crescimento das células.
 

 

Os resultados destas investigações permitiram, por exemplo, compreender melhor as alterações do genoma nas células cancerosas e podem abrir novos caminhos para o tratamento do cancro, informou em comunicado o Instituto Karolinska.
 

 

Hartwell, que nasceu em 1939, trabalha no Centro de Investigação do Cancro Fred Hutchinson, em Seatlle, EUA; Hunt, nasceu em 1943, e Nurse, em 1949, trabalham no Fundo Imperial de Estudo do Cancro de Londres, Inglaterra.
 

 

Paula Pedro Martins
 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.