Cientistas portugueses desenvolvem simulador de partos

Trabalho da Universidade do Porto

26 junho 2006
  |  Partilhar:

 

A Faculdade de Medicina e o Instituto de Engenharia Biomédica, da Universidade do Porto, estão a desenvolver um simulador de partos que possibilitará o treino dos cenários críticos que podem ocorrer no trabalho de parto.
 

 

"Este simulador, de alta fidelidade, vem possibilitar o treino de cerca de uma dezena de cenários críticos que podem ocorrer durante o trabalho de parto e que os modelos actuais são incapazes de prever, tais como contracções excessivas, hipotensão da mãe e compressão do cordão umbilical, entre outros", informa, em comunicado, a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).
 

 

O projecto vai ser apresentado a empresas internacionais (duas americanas, uma norueguesa e uma inglesa) durante o encontro anual do "Society Europe for Simulation Applied to Medicine", que vai decorrer entre a próxima quinta-feira e que se prolongará até sábado, no Porto.
 

Pretende-se, segundo a FMUP estabelecer parcerias com uma ou mais destas empresas, com vista ao futuro desenvolvimento e comercialização do simulador.
 

 

Inicialmente, a FMUP será a única instituição a fazer uso deste instrumento de educação médica, mas espera-se que com o apoio das entidades industriais, o simulador seja comercializado e a sua utilização se generalize nas escolas médicas, hospitais e outras unidades de saúde.
 

 

Fontes: Lusa e Diário de Notícias
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.