Cientistas portugueses demonstram como um pequeno fragmento de vírus desencadeia resposta imunitária

Estudo publicado na “PloS Pathogens”

15 outubro 2008
  |  Partilhar:

Um grupo de investigadores portugueses conseguiu, pela primeira vez, demonstrar experimentalmente que basta ao sistema imunológico reconhecer um pequeno fragmento de uma das muitas proteínas que existem no vírus herpes para desencadear a partir daí uma resposta imunitária e controlar a infecção.
 

 

O trabalho, realizado por uma equipa chefiada pelo virologista Pedro Simas, do Instituto de Medicina Molecular (IMM), em Lisboa, foi publicado, na semana passada, na revista “PloS Pathogens”, e tem implicações para a Medicina. "Se funciona assim em ratinhos, é de supor que o mesmo processo ocorra também nos seres humanos, o que abre portas a estudos nesta área", afirmou ao jornal “Diário de Notícias” Pedro Simas.
 

 

Esta não é a única novidade que emergiu do estudo realizado pela equipa do IMM. A outra prende-se com a intensidade da resposta imunitária do hospedeiro ao vírus invasor, que ficou agora melhor compreendida.
 

 

Os investigadores do IMM conseguiram perceber que a quantidade maior ou menor de vírus presentes no organismo depende da forma como as células T do sistema imunitário reconhecem o tal fragmente de proteína do vírus. "Esta variabilidade no reconhecimento do vírus determina a resposta mais ou menos eficaz do sistema imunitário e é por isso, por exemplo, que nem todas as pessoas ficam doentes quando surgem infecções virais", conclui Pedro Simas.
 

 

Fonte: Diário de Notícias
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.