Cientistas portugueses contra a guerra no Iraque

Alexandre Quintanilha é uma das 500 personalidades que subscreveu o abaixo assinado

13 fevereiro 2003
  |  Partilhar:

Mais de 500 cientistas portugueses subscreveram um abaixo assinado contra a intervenção armada no Iraque, apelando aos responsáveis políticos para procurarem uma solução pacífica.
 

 

«Cientistas contra a Guerra» é o título do documento hoje divulgado, que reúne personalidades como o físico Alexandre Quintanilha, o matemático Carlos Fiolhais, a astrónoma Teresa Lago, o geneticista Carolino Monteiro ou o director do serviço de ciência da Fundação Calouste Gulbenkian, João Caraça.
 

 

De acordo com o texto, os cientistas manifestam «o seu repúdio pela situação criada de guerra iminente contra o Iraque».
 

 

«Repudiamos a instrumentalização dos cientistas e a utilização da ciência e da tecnologia ao serviço da guerra e apelamos a todos os responsáveis políticos que conjuguem esforços na busca de uma solução pacífica e que façam de Portugal um país defensor da paz», refere o documento.
 

 

«A Ciência, da Física à Biologia, está novamente em risco de ficar associada à utilização, pelo poder político e militar, de armas cada vez mais mortíferas», acrescenta.
 

 

«O desenvolvimento científico e tecnológico tem permitido apresentar as novas guerras como limpas e cirúrgicas mas sabemos que, pelo contrário, se trata apenas de formas mais eficientes de matar", sublinha o texto.
 

 

«Como profissionais da Ciência, sentimos o dever de reafirmar a importância do conhecimento científico para o desenvolvimento, como instrumento poderoso no alívio de tantos dos problemas que hoje afligem grande parte da humanidade, assim como de nos opor à sua utilização para fins destrutivos», acrescenta.
 

 

O abaixo-assinado será enviado nos próximos dias ao Presidente da República, ao primeiro-ministro, ao presidente da Assembleia da República, ao ministro da Ciência e do Ensino Superior e ao representante de Portugal nas Nações Unidas.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.