Cientistas japoneses «cultivaram» neurónios a partir de células estaminais

E apostam no tratamento da doença de Parkinson

29 janeiro 2002
  |  Partilhar:

 

Cientistas japoneses desenvolveram uma nova técnica em
 

macacos para obter neurónios a partir de células mãe embrionárias e acreditam que poderão fazer o mesmo com células humanas e tratar assim a doença de Parkinson.
 

 

A técnica, divulgada hoje na revista norte-americana
 

Proceedings, consiste em manipular células estaminais embrionárias de forma a que estas se desenvolvam em neurónios produtores de dopamina, uma substância cuja perda no cérebro se relaciona com o aparecimento da doença de Parkinson.
 

 

Por agora, só foi aplicada em macacos mas, a semelhança
 

das células de primatas com as humanas, permite aos cientistas acreditar que durante 2002 poderão obter os mesmos resultados utilizando células mãe embrionárias provenientes de seres humanos.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.