Cientistas espanhóis alertam para parasita presente nas anchovas

Estudo publicado no “International Journal of Food Microbiology”

13 novembro 2009
  |  Partilhar:

Uma equipa de investigadores da Universidade de Granada, em Espanha, confirmou uma maior presença do parasita Anisakis spp nas anchovas da costa sudeste do Atlântico e noroeste do Mediterrâneo e reforçou a importância de congelar ou cozinhar o peixe antes de ele ser consumido, dado que pode causar problemas de saúde.

 

Embora a União Europeia obrigue os restaurantes a congelar o peixe que se come cru, “a preparação caseira das anchovas em vinagre mantém o risco de apresentar Anisakiasis, se previamente não se congelar as anchovas durante, pelo menos, 24 horas a -20 ºC”, esclarecem os cientistas em comunicado de imprensa enviado pela Universidade.

 

Os investigadores afirmam ter detectado larvas de Anisakis spp e de outro parasita semelhante, o Hysterothylacium aduncum, nas anchovas provenientes do oeste do mar Mediterrâneo e do este do Atlântico.

 

O estudo, liderado por Adela Valero, do Departamento de Parasitologia, foi recentemente publicado no “International Journal of Food Microbiology”.

 

No trabalho, os investigadores analisaram 792 anchovas obtidas entre Outubro de 1998 e Setembro de 1999 no mercado de peixe de Granada. Metade era proveniente do oceano Atlântico (Golfo de Cádis e Estreito de Gibraltar) e outras 396 foram pescadas no oeste do Mediterrâneo.

 

Segundo os investigadores, o parasita Hysterothylacium aduncum foi mais frequente nas anchovas do noroeste do Mediterrâneo, dado que nessa zona existem mais cetáceos.

 

A equipa assinala serem necessários mais estudos para identificar as áreas marítimas com maior presença de parasitas que podem afectar a saúde humana. Desta forma, reforça o estudo, será possível verificar se a presença do parasita varia com o tempo, “o que permitiria desenhar e aplicar medidas que limitem a exposição dos humanos a estes parasitas” que podem causar problemas gastrointestinais de leves a graves.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.