Cientistas desvendam fórmula para atrasar Cancro do Cólon

Estudo do Institute of Molecular and Cell Biology de Singapura

09 setembro 2008
  |  Partilhar:

Uma equipa de cientistas de Singapura descobriu uma alteração genética que pode atrasar o desenvolvimento do cancro do cólon, graças à activação de um gene que impede o crescimento das células cancerígenas.
 

 

De acordo com uma notícia difundida pelo diário “The Straits Times”, a equipa de cientistas liderada pelo professor japonês Yoshiako Ito, do Institute of Molecular and Cell Biology, refere que a inactivação do gene conhecido como RUNX3 leva a que os tumores aumentem de tamanho.
 

 

Segundo indicam, na maioria dos casos de cancro do cólon, o RUNX3 já está inactivo na fase inicial da doença, quando esta pode ainda ser tratada.
 

 

Por isso, os cientistas estão a explorar novos métodos terapêuticos para conseguir manter o gene sempre activo e atrasar assim o possível desenvolvimento dos tumores.
 

 

A equipa admitiu ter testado a teoria em animais, utilizando amostras de tecidos cancerosos de seres humanos, tendo comprovado que, em todos os casos de desenvolvimento da doença, o RUNX3 estava sempre inactivado.
 

 

Fontes: Lusa e The Straits Times
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.